Categorias

Falling Hair: nova trend de penteado!

26 de outubro de 2018

Você já ouviu falar no falling hair?

Em inglês, o nome quer dizer “cabelo caindo” ou “cabelo em queda”. Antes que você se assuste, o penteado nada tem a ver com queda de cabelo, que, por sinal, pode ser um problema de saúde.

O falling hair é uma atualização de penteados de festa, no qual o resultado é um cabelo que parece estar caindo, como na foto destaque deste post.

O mais comum é ver o falling hair em penteado tipo coque, pois o efeito fica mais evidente e cool!

Vem saber mais sobre essa nova trend!

Como fazer o penteado falling hair?

Sabe aquele coque meio bagunçado que a sua cliente adora? A base é muito parecida com a dele!

Prepare o cabelo de modo que ele fique texturizado, pois o ideal é que os fios que vão “cair” do penteado tenham um leve ondulado.

Vá construindo o coque, deixando algumas mexas de fora.

Quantas mexas devem “cair” do penteado?

Isso depende! 

Se você quiser um cabelo que só sugira esse aspecto despretensioso, poucas mexas são o suficiente.

Mas, se você está pensando em fazer um cabelo beeem despojado e divertido, pode deixar mais cabelo de fora do penteado.

Ah, quanto mais cabelo em queda, menos tempo o penteado dura, viu? Convém explicar isso para a sua cliente, antes de criar o penteado.

O penteado funciona para todas as mulheres?

Claro que sim! Qualquer mulher que fique encantada pelo falling hair merece ter um penteado desse para chamar de seu!

Não importa a idade, o tipo de fio ou o estilo. Aliás, o penteado só não pode ser feito em cabelos bem curtinhos, como é o caso do pixie cut.

Porém, ele passa uma ideia de despreocupação, apesar de ser um penteado ideal para festas. Pode ser considerado uma versão mais jovem do coque tradicional.

Se sua cliente fizer a linha séria, pode não se encantar tanto com o resultado. 

 

Gostou do falling hair? Ele é uma boa opção para a sua cliente que está buscando um penteado chique, mas que saia do básico. Compartilhe o post do Blog Doux Clair com suas clientes favoritas!

 

Referência: Blog Marcos Proença.

Sem comentários

    Responder